Pesquisar no blog

sábado, 24 de março de 2012

Gótico: A História


A história gótica tem sua origem num povo Bárbaro Germânico chamado Godo, que invadiram o império Romano durante o século III e se converteram ao Cristianismo. Veio a diluir-se por volta do ano 700 D.C.
O termo Godo passou a ser chamado pejorativamente de Gótico, para designar tudo aquilo que era relativo à barbárie, até chegar há um nível profundo de desprezo entre os outros povos. Desse jeito começou a difundir-se a cultura Gótica:

 Arquitetura: Constitui-se de castelos, catedrais e outras construções fortes e resistentes, com abóbodas muito elevadas que se apoiam em pilastras ou colunas. Foram desenvolvidas na França durante o período medieval, e eram chamadas de Opus Francigenum, que significa obras Francesas. Somente no final da Renascença, esse estilo arquitetônico ficou conhecido como gótico.
Atualmente o estilo ainda está presente nas catedrais de Notre-Dame, Chartres e outras.

 Literatura: Algumas dessas construções serviram de palco para grandes poetas criarem suas histórias de vampiros, Monstros, lobisomens e etc. Uma das mais conhecidas é o Corvo, que virou filme e fez sucesso na década de 90.
Também foi caracterizada no século XVIII pelo Romantismo, movimento que surgiu como uma reação a outros tipos de gêneros literários da época. Era uma espécie de literatura romântica que trazia cenários sombrios, como cemitérios e lugares mal assombrado, e ficou conhecido como Gothicism (Goticismo), termo de origem inglesa que é associado ao conjunto de obras góticas. Posteriormente, surge o Ultra-Romantismo que envolve uma literatura mórbida e extremamente dramática (envolvendo depressão, suicídio e tudo mais).

Estilo: Os Góticos normalmente gostam de andar de preto, apreciar a noite, maquiagem pesada, unhas negras, correntes, botas plataforma, crucifixo... (sendo que isso não constitui nenhum tipo de regra).  Esse estilo de roupas e acessórios surgiu na década de 70, logo após o movimento punk, quando o estilo gótico começou a entrar em ascensão. Quando chegou ao Brasil era chamado de Dark, mas algum tempo depois, assumiu o nome de origem. Bandas como The Sisters of Mercy, Joy Division e etc., começaram a entrar em cena com o visual negro e desse jeito o estilo foi ganhando seu espaço.
           Na década de 90 surgi a Cultura Obscura, que tem suas raízes no Ultra-Romantismo do século XVIII, ou seja, são músicas voltadas a melancolia, pessimismo e morte.

           Atualmente, nós vemos o estilo gótico mesclado com vários outros estilos musicais, como por exemplo: Música Eletrônica, Metal, Música Clássica... E é conhecido em praticamente todo o mundo, sendo mais forte na Europa (principalmente na Alemanha e Bélgica).

Gótico não é religião. Normalmente os góticos não têm nenhuma opinião formada sobre o assunto (pelo menos os que eu conheci). 

como vemos a história gótica já passou por várias etapas. 

Particularmente eu gosto de algumas bandas: Tristania, Kamelot, After Forever, L’âme Immortelle, Nightwish, Noturna, Mandragora Scream, Xandria, Revamp, Draconian, Sirenia e mais algumas.

Um comentário: